sexta-feira, 11 de maio de 2012

MODA ESTÉTICA: as modificações de corpo e a forma do momento

Publicado por em Destaque, Moda 
http://www.ocafe.com.br/2012/05/04/moda-estetica-as-modificacoes-de-corpo-e-a-forma-do-momento/
Chega a ser impressionante, mas realmente existe um formato de corpo específico em voga. Claro, seria de fato um problema muito grande se, como a moda, esse padrão mudasse a cada 6 meses, mas mesmo assim, há a forma ideal, que se modifica em períodos relativamente curtos.

Uma das coisas mais comuns, relativas  _____ estética, é ____ marquinha de bronze. Tanto que muitas mulheres fazem bronzeamentos artificiais (inclusive, em clínicas que ainda usam a câmara proibida – e extremamente agressiva _____ pele) para manter o bronze o ano inteiro. Simbolicamente, o bronze indica status no inverno, pois pode ser indicativo de uma viagem ou mesmo o investimento na pele. Mas sabemos que, na realidade (ainda mais sulista), indica abuso de sol ou abuso de produtos químicos para isso. Tanto sabemos que, há certo tempo, as mais engajadas em estética por aqui, optam por estarem branquinhas. Status virou um bom protetor solar na bolsa e sob _____ maquiagem.

Você deve notar as variações físicas mais claramente ao avaliar as musas do Carnaval brasileiro, Gracianne Barbosa e Viviane Araújo. Deixando a disputa entre as duas de lado, há cerca de 3 anos, elas se lançaram à forma ideal, que era ser malhada, sarada, quase halterofilista. E ambas estavam lá, definidíssimas à frente de suas respectivas baterias.
http://www.ocafe.com.br/wp-content/uploads/2012/05/GracyanneBarbosa1.jpg 
Graciane Barbosa ainda sofre piadinhas por sua estética masculinizada.

Eis que ser tão sarada assim passou a ser considerada uma coisa muito abrutalhada, então a ‘onda‘ passou a ser ter o corpo mais feminino, sem tantos músculos aparecendo.
Se fôssemos pensar apenas em musculatura, essas modificações de tendências não seriam grandes problemas. Afinal, aquelas que são fãs de academia podem modificar sua musculatura com uma mera modificação de treino, e aquelas que não gostam, simplesmente se lamentam de não ter o corpo ideal…

Viviane araújo diminuiu as coxas e tirou grande parte da definição, num visual mais girlish, que inclusive a deixou com ares mais joviais.

… Ou não…

O número de cirurgias plásticas está aumentando, e isso todo mundo sabe. E tem muita gente que prefere  uma anestesia geral e um pouco de sofrimento na recuperação, do que ralar todo dia na academia. Algumas pessoas até têm um tipo físico que não desenvolve certas coisas, ou desenvolvem muito rápido outras com o exercício. E para chegar a essa forma almejada, hoje se tem as mais diferentes formas de próteses de silicone para dar o formato ideal de corpo.

         Ideal? Não, ideal para aquele momento… 

Com as intervenções cirúrgicas, nenhum corpo é inalcançável. Você pode fazer uma lipo no corpo inteiro, body sculpture, inserir nuances de músculos onde não há (uma das cirurgias mais procuradas por homens é a prótese na panturrilha, para deixar a perna igualmente malhada, e tórax – que dizem ser difícil de delinear)… as opções são infinitas, e os preços são acessíveis. Inclusive, tem algumas clínicas que fazem como uma ‘consórcio plástica’, que você paga um pouquinho todo mês e, ao final, faz sua cirurgia (será que você pode ser contemplado no meio do pagamento? Isso eu não sei…).

Mas o que poucos lugares falam é dos contras do silicone grande, que pode descolar a pele do tórax, bem como aos poucos vai fazendo as costelas perderem sua curvatura original. Claro, sem contar com problemas de coluna que causam a muitas meninas que não têm estrutura óssea para sustentar os maxi silicones.

Você pode ver bem a pele já descolada do corpo no entresseios de Sheyla Hersheys.

Mas o silicone é a onda da vez, já que o mencionamos. Há cerca de 2 anos tivemos aquela epidemia, onde toda a mulher queria (ou ‘precisava‘) ter busto grande. Os seios fartos viraram uma mania nacional, substituindo o bumbum, que sempre foi o queridinho dos homens no corpo feminino. Inclusive, ligávamos a TV e víamos o absurdo que a obsessão por peitos fartos fez com as mulheres que só apareciam na mídia por conta deles; Vimos a prótese de Sheyla Hersheys estourar, e Pamela Anderson tirar as suas, buscando um visual mais real. Vimos ambas sumirem da mídia.

Doença? Exibicionismo? Tem como realmente alguém achar essas proporções bonitas quando chegam a estar deformadas?

Hoje, o tamanho ideal de busto oscila entre o sutiã 38 e o 42. Pequeno. Real. Aspecto ultra natural, de sustentação fácil. Claro, isso tem muito a ver com a moda, e a tendência de passar para as costas o foco da sensualidade. E como seios fartos não são controláveis sem sutiã, esse modelo ‘compacto’ é o mais aclamado hoje em dia nas tendências de forma.
Isso, de acordo com  as  estatísticas mundiais. Tem algumas às quais o Brasil ainda não se adequou.

Se formos considerar bem a fundo, as formas ideais que estão tentando ser estipuladas são um resgate da saúde. Parece lógico que, depois de tantos problemas que aconteceram  com os fabricantes de silicone, o ideal passe a ser ‘não use’. Ainda mais com a transformação óssea que o busto artificial causa, que dificulta diversos procedimentos que possam vir a ser necessários. Mas não se iluda com a moda: é muito agressivo para o organismo (e para a pele, também) colocar, depois tirar e depois ainda recolocar o silicone. Ainda mais no caso de próteses grandes, que causam um afinamento da pele. 

Não podemos ignorar os casos de silicone industrial, que cansamos de ver no país, que causam deformidades a
não
tão longos prazos assim.

Fora do Brasil, as formas mais voluptuosas, as gordinhas, são mais aclamadas que as magrelas. Isso, sabidamente, vem de muitas coisas, mas, mesmo o mundo estando mais gordo, ainda temos um índice gigantesco de flagelos por magreza. Não apenas anorexia, mas neuroses em geral. Assim como a gordura, hoje a magreza também é agressiva para o corpo em grande parte dos casos. Além do mais, num mundo movido a fast food e gorduras saturadas, os olhos acabam por se adequar àquilo que mais veem. E uma triste verdade é que as pessoas são insatisfeitas. Mas a diferença significativa para as gordinhas estarem em alta, lá fora, é que elas realmente precisam perder aqueles 2 Kg, enquanto moças lindas de corpo impecável veem sempre muitos quilos e muitas dietas loucas para perdê-los.


Algumas modelos plus size brasileiras estão ganhando como modelos normais nos EUA. A discriminação ainda está no nosso país.
Ou seja, meninas acima do peso – ou no peso -, meninas magrelas: Todas vocês têm as formas ideais. Cuidem mais da saúde do que da forma, que é isso o que importa. Ser saudável é estar na moda, e mesmo que a roupa que vocês tanto querem usar não fique bem, é possível conseguir um look bem estiloso que as deixe melhor do que imaginavam. Apenas não se agridam por coisas que nem vocês sabem de onde vêm.
VOCABULÁRIO
1 - Encontre, no texto, sinônimos para as palavras abaixo:
a) sensuais:                                                   f) oscila:
b) varia:                                                          g) sem defeito:
c) desejada:
d) competição: 
e) moda:

2 - Analise as afirmações relativas à substituição vocabular e assinale a alternativa correta:
I) "Tanto sabemos que, há certo tempo, as mais engajadas em estética por aqui, optam por estarem branquinhas".O termo destacado, pode ser substituído por "comprometidas" sem alterar o sentido da frase. 
II) "...então a ‘onda‘ passou a ser ter o corpo mais feminino, sem tantos músculos aparecendo.- A palavra em destaque apresenta o mesmo significado na frase: " A onda atingiu os banhistas na frase.
III) "...ainda temos um índice gigantesco de flagelos por magreza." - o termo destacado, pode ser substituído por "benefícios", sem alterar o sentido da frase.
IV) "...e um pouco de sofrimento na recuperação, do que ralar todo dia na academia." - o termo em destaque significa, neste contexto, esforçar-se, dedicar-se.
V) "...é possível conseguir um look bem estiloso que as deixe melhor do que imaginavam." - o termo inglês look, pode ser substituído pela palavra "visual", sem alterar o sentido da frase.

a) Todas as alternativas estão corretas.
b) As alternativas I, II e III estão corretas.
c) Nenhuma alternativa está correta.
d) As alternativas I, IV e V estão corretas.
e) As alternativas II e III estão corretas.

INTERPRETAÇÃO TEXTUAL
1) De acordo com o texto, é correto afirmar que:
I - O padrão corporal muda a cada 6 meses, assim como a moda.
II - Manter o corpo bronzeado durante o inverno, pode ser usado como indicativo de status econômico, uma vez que o mesmo pode ser obtido em função de viagens ou de tratamentos estéticos.
III - Segundo o texto, há três anos a forma ideal era ser: malhada, sarada, quase halterofilista.
IV - A autora afirma que, hoje em dia, qualquer forma de corpo é possível em função das cirurgias plásticas.
V - A forma de corpo ideal, na realidade, deveria ser aquela que não oferece nenhum risco à saúde da pessoa.

a) Todas as alternativas estão corretas.
b) As alternativas II, III, IV e V estão corretas.
c) As alternativas I, II, III e IV estão corretas.
d) Nenhuma alternativa está correta.
e) As alternativas I e II estão corretas.

2) Por que a autora afirma que, "Assim como a gordura , hoje a magreza também é agressiva para o corpo em grande parte dos casos."?

3) Quais são os pontos negativos de uma prótese de silicone muito grande? 

4) Explique a expressão destacada na frase a seguir: "Além do mais, num mundo movido a fast food e gorduras saturadas, os olhos acabam por se adequar àquilo que mais veem."

5) Disserte em 30 linhas sobre o tema abordado no texto, posicionando-se acerca de quais são, ou deveriam ser, os limites da vaidade humana.

ATIVIDADES GRAMATICAIS
CLASSES DE PALAVRAS - SUBSTANTIVO E ADJETIVO
1) Substitua as locuções adjetivas pelo adjetivo correspondente:
a) formato de corpo:
b) musas do Carnaval:
c) investimento na pele
d) abuso de sol:

2)  No primeiro parágrafo do texto, há um adjetivo empregado no grau superlativo absoluto analítico. Transcreva-o:

3)  No terceiro parágrafo do texto, há um adjetivo empregado no grau superlativo absoluto sintético. Transcreva-o:

4)  Quais os adjetivos usados para caracterizar os substantivos "opções" e "preços" (6º parágrafo).

5)  Substitua os adjetivos destacados, por locuções.
a) "Ainda mais com a transformação óssea que o busto artificial causa ...".
b)  "Status virou um bom protetor solar na bolsa...".
c) "... que sempre foi o queridinho dos homens no corpo feminino".
d) "... que pode descolar a pele do tórax."

6) No 4º parágrafo, há um substantivo comum-de-dois gêneros. Transcreva-o:

7)  Analise a afirmativas a seguir, feitas em relação aos termos em destaque na frase:  "Não podemos ignorar os casos de silicone industrial, que cansamos de ver no país, que causam deformidades a
não
tão longos prazos assim." 
a - Todos os termos destacados são substantivos.
b - Todos os termos destacados são adjetivos.
c - São substantivos as palavras: casos, silicone, país, deformidades e prazos; e adjetivos as palavras: industrial e longos. 
d - São substantivos as palavras: industrial e longos; e adjetivos as palavras: casos, silicone, país, deformidades e prazos.
e - São substantivos as palavras: casos, silicone e industrial; e adjetivos as palavras: país, deformidades, longos e prazos.

8)  No 5º parágrafo, encontre um substantivo sobrecomum:

9) Nas frases abaixo, encontre os substantivos e os adjetivos usados para caracterizá-los
a) "Os seios fartos viraram uma mania nacional, substituindo o bumbum, que sempre foi o queridinho dos homens no corpo feminino".
b) "E uma triste verdade é que as pessoas são insatisfeitas."

CRASE
1) A alternativa que preenche corretamente as lacunas do 2º parágrafo do texto, em relação ao emprego da crase, é:
a) a - à - a - à
b) à - a - à - à
c) à - a - à - a
d) a - a - a - a
e) à - à - à - à

SINTAXE 

1) Analise as afirmações a seguir, e assinale a alternativa correta
I - Em relação há frase: "...há a forma ideal, que se modifica em períodos relativamente curtos." é correto afirmar que há 2 orações, o que faz com que o período seja composto.
II - O sujeito da primeira oração, na frase acima, é inexistente, pois o verbo "Haver" indica uma oração sem sujeito;  e da segunda oração é simples - "a forma ideal".
III - O sujeito do verbo "existe" (1º parágrafo) é composto - "um formato de corpo específico."
IV - A frase " Ideal? Não, ideal para aquele momento…" é uma frase verbal.
V - No seguinte trecho: "...ligávamos a TV e víamos o absurdo que a obsessão por peitos fartos fez com as mulheres...": os sujeitos dos verbos destacados são, respectivamente: oculto (nós) - oculto (nós) - a obsessão por peitos fartos - simples.

a) Todas estão corretas.
b) Todas estão incorretas.
c) As alternativas I, II e III estão corretas.
d) As alternativas II, III e IV estão corretas.
e) As alternativas I, II e V estão corretas.

2) Classifique os verbos e seus complementos, nas frases abaixo:
a) "...elas se lançaram à forma ideal..."
b) "...era ser malhada, sarada, quase halterofilista..."
c)  "Algumas pessoas até têm um tipo físico que não desenvolve certas coisas..."
d)  "Apenas não se agridam por coisas que nem vocês sabem de onde vêm."
e)   "E como seios fartos não são controláveis sem sutiã..."

3) A única alternativa em que o predicado está classificado erroneamente é:
a)"... nenhum corpo é inalcançável." - predicado nominal.
b) "Cuidem mais da saúde do que da forma..." - predicado verbo-nominal
c) "Vimos a prótese de Sheyla Hersheys estourar..." - predicado verbal
d) "...e isso todo mundo sabe". - predicado verbal
e) "Fora do Brasil, as formas mais voluptuosas, as gordinhas, são mais aclamadas que as magrelas". - predicado nominal
 

Nenhum comentário: