quarta-feira, 14 de dezembro de 2011


Adolescente de 15 anos dá à luz trigêmeas

A adolescente Aline Pereira de Freitas, 15 anos, deu à luz trigêmeas idênticas, univitelinas (geradas no mesmo óvulo) no último dia 11. Trata-se de um caso raro no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto (SP).
A garota - moradora da cidade de São João da Boa Vista, na região de Ribeirão - estava quase no sétimo mês de gravidez quando se submeteu a cesariana. Tanto a mãe como as trigêmeas Vitória, Nicole e Maísa passam bem. Como nasceram com pesos entre 1,4 e 1,6 quilo, porém, permanecem internadas numa incubadora do HC até atingirem 2 quilos. A jovem mãe também continua internada. “Foi um susto, mas fiquei feliz”, disse Aline, ao lembrar de quando soube que estava grávida de trigêmeos.
Ela, que mora desde os 13 anos com o companheiro, o horticultor José Henrique Graciano, atualmente com 22, já planejava engravidar. Gêmeos na família, aliás, não é surpresa: Aline é alguns minutos mais velha que a irmã Amanda. “Temos outros casos de gêmeos na minha família e na do meu marido, mas trigêmeos é a primeira vez”, comentou Jucéia Aparecida Freitas, mãe de Aline.
Quando foi constatada a gravidez de trigêmeos, o médico de Aline transferiu os cuidados da paciente para especialistas do HC de Ribeirão, que passaram a acompanhá-la desde o quinto mês de gravidez. O professor de obstetrícia da Faculdade de Medicina e responsável pela medicina fetal do HC, Anderson Tadeu Berezowski, ficou surpreso com o caso.
Como as filhas são idênticas, Aline já planeja colocar pulseiras diferentes para identificá-las. “Temos condições de criá-las, sim”, avisou a jovem mãe, que necessitará, inicialmente, de mais fraldas e leite para sustentar as filhas. Ela acredita que deverá ir para casa com as trigêmeas em até dez dias. Uma preocupação dela é dar todas as condições às filhas para estudar, algo que ela interrompeu há dois anos.
19/11/09

01) Na sua opinião, qual a idade ideal para uma mulher se tornar mãe? Por quê?

02) Aline vive com seu companheiro desde os 13 anos. Você concorda que nessa idade já se tenha maturidade para assumir um compromisso como esse? Justifique sua resposta:

03) A gravidez de trigêmeos é um acontecimento raro e que exige cuidados. Justifique essa afirmativa com elementos do texto:

04) De maneira geral, textos que tratam sobre a gravidez na adolescência apontam os riscos  e/ou pontos negativos do fato. O texto lido não abordou esses aspectos. Por quê?

05) Explique o uso do verbo HAVER na frase: “Uma preocupação dela é dar todas as condições às filhas para estudar, algo que ela interrompeu dois anos”:

06) Identifique e exemplifique numerais cardinais e ordinais no texto:

07) Retire do texto quatro exemplos de substantivos próprios, justificando:

08) Identifique a função da linguagem predominante no texto, explicando seu raciocínio:

09) Considerando a idade da mãe das trigêmeas, na sua opinião, ela estará preparada para a tarefa de criar e educar seus filhos? Por quê?

10) Que métodos contraceptivos são mais eficazes para evitar uma gravidez precoce?

11) Levando em consideração a data da publicação da notícia, escreva uma carta em que Aline conte como está sua vida hoje para uma amiga que não vê desde que se casou:

12) Faça uma ilustração representando a notícia:

13) Faça uma lista das mudanças que a adolescente terá em sua vida a partir desses nascimentos. Quais as vantagens e desvantagens? Depois dê a sua opinião sobre tudo isso:

14) Qual conselho você daria para uma adolescente que foi mãe de trigêmeos tão jovem?

15) O que se pode aprender com uma notícia dessas? Comente:

16) Como o casal tão jovem reagiu à surpresa dos gêmeos? Como você acha que reagiria se fosse com você?

17) Por que a adolescente se preocupa com o estudo de suas filhas? Essa parece ser uma questão que a incomoda? Por quê?

18) Crie uma outra manchete para essa mesma notícia:

19) Destaque da noticia: Quem? Onde? Quando? Como? Por quê?

20) Você conhece alguma adolescente de 15 anos ou menos que já seja mãe? O que você pensa disso?

21) O que mais chama a atenção na notícia: o fato de a mãe ser muito nova ou ela estar esperando trigêmeas? Comente:

22) Fala-se tanto em pedofilia... Essa jovem vive com alguém mais velho desde os 13 anos. Isto seria considerado pedofilia? Justifique sua resposta:

23) Qual a função dos parênteses utilizados no primeiro período do texto?

24) Explique qual a função das aspas nas frases “Foi um susto, mas fiquei feliz” e “Temos outros casos de gêmeos na minha família e na do meu marido, mas trigêmeos é a primeira vez”:

25) Diga a quem se referem os pronomes destacados nas frases abaixo:

a)    “...que passaram a acompanhá-la desde o quinto mês de gravidez” (terceiro parágrafo)
b)    “... colocar pulseiras diferentes para identificá-las” (quarto parágrafo)

26) Como a mãe pretende diferenciar as filhas para conhecê-las? Acha isso eficaz? O que você faria?

27) O texto nos informa que a profissão do pai das trigêmeas é horticultor. O que ele faz?

28) De acordo com o dicionário, a palavra “gêmeo” significa “idêntico”, “parecido”.  No texto encontramos a expressão “trigêmeas idênticas”. Baseando-se em seus conhecimentos científicos, explique a ausência de um pleonasmo nessa expressão:

29) Explique o emprego da crase na expressão “dar todas as condições às filhas”:

30) O complemento sublinhado na frase da questão anterior é um nominal ou verbal? Justifique sua resposta:

31) Em “A garota – moradora da cidade de São João da Boa Vista, na região de Ribeirão – estava quase no sétimo mês de gravidez quando se submeteu  a cesariana”, qual a função sintática da passagem em destaque? Por quê?

32) "Uma preocupação dela é dar todas as condições às filhas para estudar, algo que ela interrompeu há dois anos". Muitos jovens hoje não se importam com os estudos, mesmo que pais ou professores lhes expliquem exaustivamente o quanto isso é necessário para seu sucesso no futuro. Por que, quando pais, querem que os filhos estudem?





(Autores: Andreia Dequinha, Ruth Barbosa, Sonia Henriques, Édina Moura, Zizi Cassemiro, Vânia Oliveira, Lourdes Galhardo, Carmem Lúcia, Simone Maróstica, Sandra Vitezi, Fabi Behling, Sinara Soares, Nalva Kássia)

Um comentário: