terça-feira, 23 de agosto de 2011

ATIVIDADES DE REVISÃO
1)      CLASSIFIQUE AS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS PRESENTES NOS PERÍODOS ABAIXO:
a)      Edmundo entrou espremido, quando a porta já ia fechando.
b)      Tive que tomar dinheiro emprestado para comprar os prêmios.
c)       Se vou esperar, perco o homem de vista.
d)      Nas esquinas Edmundo olhava bem para não perder o malandro de vista.
e)      Assim que eu puder, ligarei para você.
f)       As falsificações são tão perfeitas que é impossível diferenciá-las das de verdade.
g)      Logo que o ônibus saiu, o cambista virou o pescoço e olhou os passageiros.
h)      Se furo o sinal, o guarda me toma a carteira de chofer.
i)        Ninguém visitara a senhora depois que lhe entregara o jornal.
j)        Quase não contive o riso quando ele me entregou o relógio.
k)      O relógio foi limpo antes de me ser enviado.
l)        Eu acusava meu amigo de usar uma desculpa esfarrapada para que eu não percebesse seu fracasso.
m)    Os mestres indignavam-se porque Antenor aprendia tudo ao contrário.
n)      Se tudo fosse verdade, a ética precisaria ser estudada nesse país lendário.
o)      O Brasil precisa defender seus cidadãos como os americanos defendem o lucro de seus laboratórios.
p)      Tamanha era a fome da criança que comeu o enorme sanduíche em menos de de um minuto.
q)      Segundo diz a pesquisa do Ibope, a maioria dos brasileiros são honestos.
r)       À medida que o furacão se aproximava da cidade, a população se escondia em abrigos do governo.
s)       A tempestade foi tão violenta que afundou navios.
t)       Como se acredita, uma lua de Saturno tem uma misteriosa fonte de calor.
u)      A nave pousou onde havia sido previsto.
v)      Ainda que não houvesse ninguém na sala, a televisão continuava ligada.
w)    Mesmo que descubram um risco ambiental, algumas sociedades não buscam solução.
x)      Admirava o homem como se admira um mágico.
y)      Falavam francês, mesmo que falassem muito mal.
z)       Era odiado por todos, embora tivesse bom coração.

2)      LEIA O TRECHO DO POEMA A SEGUIR.


O dia da criação – II
Há uma impassível lua cheia
Porque hoje é sábado
Há damas de todas as classes
Porque hoje é sábado
Umas difíceis, outras fáceis
Porque hoje é sábado
Há um beber e um dar sem conta
Porque hoje é sábado
Há uma infeliz que vai de tonta
Porque hoje é sábado
Há um padre passeando à paisana
Porque hoje é sábado
Há um frenesi de dar banana
Porque hoje é sábado
Há a sensação angustiante
Porque hoje é sábado
(Vinícius de Moraes)


a)      Qual o tipo de oração subordinada que se repete no poema?
b)      O que o eu lírico revela por meio da repetição dessa oração?
3)      LEIA O POEMA A SEGUIR.
Último aviso


Caso alguma coisa me acontecer,
Informem a família,
Foi assim, assim tinha que ser
Tinha que ser dor e dor
Esse processo de crescer
Tinha que vir dobrado
Esse modo de não ser
Tinha que ser mistério
Esse meu modo de desaparecer
Um poema, por exemplo,
Caso alguma coisa me suceder,
Vá que seja um indício    
Quem sabe ainda não acabei de escrever.
(Paulo Leminski)



a)      Identifique e classifique as orações subordinadas adverbiais presentes nesse poema.
b)      Quando o eu poético diz “caso alguma coisa me acontecer”, ele na verdade está se referindo a um acontecimento específico. Qual é esse acontecimento?

4)      FORME UM PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO, LIGANDO AS ORAÇÕES ABAIXO PELAS CONJUNÇÕES E LOCUÇÕES CONJUNTIVAS CAUSAIS A SEGUIR: COMO, PORQUE, UMA VEZ QUE, JÁ QUE. FAÇA AS ADAPTAÇÕES NECESSÁRIAS.
a)      É preciso medidas que minimizem o aquecimento global. O aquecimento global é um processo irreversível.
Ex: É preciso medidas que minimizem o aquecimento global, já que é um processo irreversível.
b)      Houve um grande aumento na s tarifas dos ônibus. A população se mobilizou para protestar.
c)       O réu foi absolvido. Não havia provas contra ele.
d)      Amanhã não haverá aula. Amanhã é feriado municipal.

5)      SUBSTITUA AS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS DESTACADAS POR OUTRAS DE SENTIDO EQUIVALENTE. CONSULTE O QUADRO:
A fim de                                         assim que                             tal qual                                caso
a)      Quando a estranha máquina apareceu, a cidade parou.
b)      Se seu irmão fosse mais discreto, conquistaria mais facilmente uma menina.
c)       Minha mãe fez o bolo para que todos comemorassem o aniversário de Clara.
d)      Ele é habilidoso como uma máquina enferrujada.

6)      A ORAÇÃO SUBORDINADA ADVERBIAL CONDICIONAL INDICA HIPÓTESE QUANDO SEU VERBO ESTÁ NO FUTURO DO SUBJUNTIVO E O VERBO DA ORAÇÃO PRINCIPAL ESTÁ NO FUTURO DO PRESENTE DO INDICATIVO. REESCREVA AS FRASES CONJUGANDO OS VERBOS ENTRE PARÊNTESES A FIM DE INDICAR A IDEIA DE HIPÓTESE.
a)      Se ele (falar), o encanto (desaparecer).  EX: Se ele falar, o encanto desaparecerá.
b)      Se o professor (começar) a avaliação logo, nós (poder) sair mais cedo.
c)       Se o homem  (sorrir), (aproveitar) melhor as alegrias da vida.
d)      Se ele (acreditar) em milagres, (estar) diante de um.
                                                                        
7)      JUNTE AS ORAÇÕES A SEGUIR NUM SÓ PERÍODO, UTILIZANDO A CONJUNÇÃO ADVERBIAL QUE ESTABELEÇA A RELAÇÃO DETERMINADA ENTRE PARÊNTESES. SE HOUVER NECESSIDADE, FAÇA AS ALTERAÇÕES EM OUTROS ELEMENTOS DO TEXTO, PARA GARANTIR A COERÊNCIA:
a)      Os recursos naturais estão se esgotando. Não há utilização racional daquilo que a natureza oferece. (relação de causa). Ex: Os recursos naturais estão se esgotando porque não há utilização racional daquilo que a natureza oferece.
b)      O jovem tem certeza de  seus sentimentos.  O jovem não se sente seguro para tomar decisões definitivas em relação ao amor. (relação de concessão, oposição)
c)       Os jovens devem praticar atividades esportivas. Eles terão uma vida mais saudável. (relação de finalidade)
d)      A atmosfera do planeta está sendo alterada. Os gases emitidos pelas indústrias comprometem a camada de ozônio. (relação de alteração proporcional)
e)      O estado de saúde do paciente vem se mantendo estável nas últimas horas. Os médicos dizem que ele pode piorar. (relação de oposição)
f)       Não poderemos montar o acampamento. Chove forte. (relação de condição)
g)      Não poderemos montar o acampamento. Chove forte. (relação de causa)


FONTE: 
BORGATTO, Ana Maria Trinconi. BERTIN, Terezinha. MARCHEZI, Vera.  Tudo é linguagem: Língua Portuguesa/ 9º ano. 2. ed. São Paulo: Ática, 2009.
RODELLA, Gabriela. NIGRO, Flávio. CAMPOS, João. Português: A arte da palavra. 9º ano. São Paulo: AJS, 2009.
CAMPOS, Elizabeth. CARDOSO, Paula Marques. ANDRADE, Sílvia Letícia de. Viva Português / 9º ano. 2.ed. São Paulo: Ática, 2009.

Nenhum comentário: