terça-feira, 26 de abril de 2011

ATIVIDADES DE VARIANTES LINGUÍSTICAS PARA O 6º ANO

1) A PARTIR DA LEITURA DOS TEXTOS ABAIXO, E A PARTIR DAS INFORMAÇÕES SOBRE AS VARIANTES REGIONAIS DA LÍNGUA PORTUGUESA, DESCUBRA QUAL A REGIÃO DOS ASSALTANTES.

Assaltante _________________
Ei, bichim...
Isso é um assalto... Arriba os braços e num se bula nem faça bagunça...Arrebola o dinheiro no mato e não faça pantim senão enfio o peixeira no teu bucho e boto teu pra fora!”
Perdão meu Padim Ciço, mas é que eu tô com uma fome de moléstia...
Assaltante __________________
Ô sô, prestenção... Isso é um assalto, uai...
Levanta os braços e fica quetin que esse trem na minha mão tá cheio de bala...
Mió passá logo os troado que eu num tô bão hoje.
Vai andando, uai! Tá esperando o que uai!!
Assaltante ___________________
Ô guri, ficas atento... Báh, isso é um assalto.
Levantas os braços e te aquieta, tchê.
Não tentes nada e cuidado que esse facão corta uma barbaridade, tchê.
Passa os pilas prá cá! E te manda a la cria, senão o quarenta e quatro fala.

Assaltante ____________________
Seguiiinnte, bicho ... Tu te ferrou. Isso é um assalto...
Passa a grana e levanta os braço rapá... Não fica de bobeira que eu atiro bem pra caramba
Vai andando e se olhar pra trás vira presunto...
Assaltante _____________________
Ô meu rei... ( longa pausa)
Isso é um assalto... (longa pausa)
Levanta os braços, mas não se avexe não... (longa pausa)
Se num quiser nem precisa levantar, pra num ficar cansado... Vai passando a grana, bem
devagarinho...
(longa pausa)
Num repara se o berro está sem bala, mas é pra não ficar muito pesado... Não esquenta,
meu irmãozinho,
(longa pusa)
Vou deixar teus documentos na encruzilhada...

Assaltante _____________________
Ôrra, meu... Isso é um assalto, meu... alevanta os braços, meu.
Passa a grana logo, meu...
Mais rápido, meu, que eu ainda preciso pegar a bilheteria aberta pra comprar o ingresso do
jogo do Curintia, meu... Pô, se manda, meu...

Assaltante de Brasília
Querido povo brasileiro, estou aqui, no horário nobre da TV para dizer que no final do mês,
aumentaremos as seguintes tarifas: água, energia, esgoto, gás, passagem de ônibus, IPTU, IPVA,
licenciamento de veículos, seguro obrigatório, gasolina, álcool, imposto de renda, IPI, ICMS, PIS,
COFINS.

2) Qual dos textos utiliza a Língua Portuguesa formal? Quem é o provável falante desse texto?


3) Falar é fácil, escrever é difícil. Você também pensa assim? Leia o texto de Jô Soares para perceber a diferença.
Português é fácil de aprender porque é uma língua que se escreve exatamente como se fala.”
(Jô Soares. Revista “Veja” – 28.11.90)

Pois é. U purtuguêis é muito fácil aprender, purqui é uma língua qui a genti iscrevi ixatamente cumu si fala. Num é cumu inglêis qui dá até vontadi di ri quandu a genti discobri cumu é qui si iscrevi algumas palavras. Im purtuguêis não.É só prestátenção. U alemão pur exemplu. Qué coisa mais doida? Num bate nada cum nada. Até nu espanhol qui é parecidu, si iscrevi muito diferenti. Qui bom qui a minha língua é u purtuguêis. Quem soube fala sabi iscrevê.

a) Você deve ter observado, ao ler o texto, que as palavras do título são escritas de forma diferente do texto.
Por que existe essa diferença? _________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

b) Reescreva o texto de Jô Soares utilizando a Língua Padrão. _________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

3) O bicho mais pirigoso do Brasir
O bicho mais pirigoso do Brasir num é o jacaré!
Coitado! O jacaré cuida da própria vida i só ataca si mexerem com ele. Normarmente, só fica com os zoinho di fora, iscondido, pra mor di num virá sapato nem borsa.
O bicho mais pirigoso do Brasir tamém num é o lobo-guará, como pensei. É que falam tanta coisa dos lobo, qui são marvado, coisa i tar... ... mais na vredade, são uns cachorrinho tímido qui só caça pra cume i tem medo da ixtinção.
É qui, além di serem persiguido, inda tão distruindo o seu ambiente naturar ... I aí eles num incontra, mais nem uma frutinha pra matá a fome.
Aí, intão, pensei na jibóia i nas otras im gerar. Cobra é um bicho pirigoso, num resta dúvida... mais só si a gente for discuidado i invadi o terreno dela. Aí ela ataca pra si denfendê.
Mais o que si fala dela tem muito di lenda. A cobra só qué vivê no seu canto sussegada!
I a onça pintada? Grande, agir, bela, silenciosa...
Tamém não é um animar tão pirigoso! No fundo é só um gato criscido... carinhoso!
Pois é! Assuntei, assuntei, i discubri qui ninhum desses bicho causa pobrema grave, si si sabe lidá com eles.
O bicho mais pirigoso do Brasir... i do mundo... É o home!! O home qui caça... qui faiz queimada... qui distrói... qui polui! Por isso, esses bicho, a onça, o jacaré, a cobra, o guará... Eles é qui tem medo da gente! I com toda a razão. A gente tem qui tomá cuidado é com a gente memo. Pra sê bicho bão, bicho manso. I não o bicho mais pirigoso do Brasir!
-- Parabéns, Chico! Redação nota dez!
Transcrição da história em quadrinhos de Chico Bento; original disponível em
http://www.scribd.com/doc/18567483/Aula-Chico-Bento. Acesso em 08.01.2011]

a) Você percebeu que Chico Bento troca algumas letras e não utiliza a letra s em algumas, devido ao tipo de linguagem que ele utiliza. Reescreva o texto, no caderno, utilizando a linguagem padrão, organizando-o na forma de discurso direto, acrescentando parágrafos, travessões e sinais de pontuação adequados.

2 comentários:

Pasquini disse...

Oi, se nao fosse pedir muito... daria para me mandar o gabarito.

elianagmp@gmail.com

Mary disse...

Muito bom o material, se possível, passa o gabarito por favor! mary.21_04@hotmail.com

Desde já agradeço!